Djokovic põe fim ao sonho de Karatsev de chegar à final

Nesta quinta-feira na Rod Laver Arena, Novak Djokovic se tornou o primeiro finalista do Australian Open ao derrotar o russo Aslan Karatsev, por 3 sets a 0.

Frente a um público limitado, que retornou ao Melbourne Park após o final do bloqueio de cinco dias determinado pelas autoridades sanitárias locais, Djokovic acabou com o sonho de Karatsev de chegar ao título do Grand Slam australiano ao vencer a primeira semifinal com as parciais de 6/3, 6/4 e 6/2 em 01h53min de jogo.

O russo Karatsev, 114º colocado no Ranking ATP, vivia um verdadeiro sonho: estreou na chave principal do Grand Slam australiano passando pelo torneio qualificatório prévio e venceu grandes expoentes do tênis mundial, como Grigor Dimitrov, Felix Auger-Aliassime e Diego Schwartzman.

Mas ao enfrentar o número 1 do mundo por uma vaga no que seria a maior final de sua carreira, ele encontrou um concentrado e eficaz Djokovic, que cometeu apenas um erro não forçado em 15 games disputados, encaixou 30 winners e 17 aces para chegar à 28ª final de Grand Slam de sua carreira.

Ao iniciar o jogo no primeiro set, Karatsev pareceu não se abalar com a primeira grande semifinal de sua carreira. Ele manteve o sérvio no fundo de quadra utilizando longos e poderosos golpes para seguir colado no placar até o sétimo game. Mas o nº 1 do mundo conseguiu a primeira quebra do jogo no oitavo game para liquidar a parcial em seguida.

O segundo set começou equilibrado e seguiu como o anterior até o terceiro game quando Djokovic tomou o saque russo e venceu outros três games registrando 5/1 no placar. Karatsev ainda reagiu e conseguiu, também, fechar três games consecutivos, mas não foi o suficiente para impedir que o sérvio vencesse a segunda parcial.

Djokovic começou bem o último set quebrando o primeiro serviço de Karatsev. Mas o russo não se abalou e devolveu a quebra para empatar em 2/2. O número 1 então fez valer sua condição de liderança mundial e venceu todos os quatro games que o separavam da final.

Novak Djokovic vai agora tentar aumentar para 18 o número de títulos em Grand Slams para se aproximar dos dois líderes neste ranking, Rafael Nadal e Roger Federer (ambos com 20 troféus de Grand Slam) .

Djokovic, que está há oito partidas invicto em 2021, se preparara agora para enfrentar, na partida de domingo pelo título, o russo Daniil Medvedev ou o grego Stefanos Tsitsipas da Grécia.

Veja a seguir os melhores momentos do jogo entre Djokovic e Karatsev.