Djokovic está a uma vitória do Grand Slam

O sérvio nº 1 do mundo vence em 5 sets a revanche contra Zverev e enfrenta Medvedev na final do US Open

Em clima de revanche, Novak Djokovic superou nesta sexta-feira o alemão nº 4 do mundo, Alexander Zverev, por 3 sets a 2, para garantir sua vaga na final de simples masculino do torneio US Open 2021.

Djokovic converteu 77 por cento de seu primeiro serviço e salvou 09 dos 12 break points que enfrentou durante a partida. Ele também quebrou o serviço de Zverev seis vezes para confirmar sua vitória, registrando as parciais de 4/6, 6/2, 6/4, 4/6 e 6/2 em 03h38min de jogo.

No mês passado, Zverev pôs fim ao sonho de Djokovic de se tornar o primeiro homem da história do tênis mundial a conquistar um Golden Slam, quando venceu o sérvio nas semifinais das Olimpíadas de Tóquio com parciais de 1/6, 6/3 e 6/1. Mas dessa vez o nº 1 do mundo não permitiu que o alemão interrompesse sua busca pelo Grand Slam.

Na partida desta sexta-feira, 10/09, mais uma vez Djokovic saiu em desvantagem de um set, depois que Zverev quebrou o serviço sérvio em 5/4 para liquidar a primeira parcial em seguida.

Como ocorreu nas três últimas partidas, Djokovic reagiu para vencer o segundo e o terceiro sets, conquistando duas quebras do serviço alemão na segunda parcial e uma na terceira. Mas Zverev não se conformou: ele reagiu no quarto set para devolver uma das quebras anteriores em 2/1 e seguir liderando até empatar o jogo por 2 sets a 2.

No set de desempate, o sérvio quebrou os dois primeiros serviços de Zverev, abrindo a confortável vantagem de 5/0. Não obstante, Zverev continuou acreditando na sua classificação, tanto que venceu dois games consecutivos para reduzir a vantagem sérvia para 5/2. Mesmo tendo perdido seu saque, Djokovic ainda tinha uma vantagem tranquila, bastando aguardar a confirmação do serviço alemão e confirmar seu saque em seguida para vencer a partida. No entanto, esperar não foi a opção do sérvio, que acelerou para quebrar uma vez mais o saque de Zverev e avançar à sua quarta final do Grand Slam nesta temporada.

Novak Djokovic, que está a apenas uma vitória de se tornar o primeiro jogador desde Rod Laver em 1969 e apenas o terceiro homem em toda a história a conquistar os quatro títulos do Grand Slam numa mesma temporada, enfrentará o russo nº 2 do mundo, Daniil Medvedev, que derrotou o canadense Felix Auger-Aliassime por 6/4, 7/5 e 6/2 em 02h06min. No histórico de confrontos entre os dois jogadores, Djokovic está em vantagem com 5 vitórias contra 3 de Medvedev.