Sakkari supera Pliskova e completa as semifinalistas do US Open

A grega nº 18 do mundo é última atleta a se classificar para as semifinais de simples feminino

Pela primeira vez em sua carreira, Maria Sakkari conquistou uma vaga nas semifinais do torneio de simples do US Open, ao derrotar a 4ª colocada no ranking mundial, Karolina Pliskova, da República Tcheca, registrando as parciais de 6/4 e 6/4 em apenas 01h24min de jogo.

Sakkari converteu 92 por cento de seu primeiro serviço e 74 por cento do segundo. Errando pouco, a grega atingiu 22 winners e apenas 12 erros não forçados, enquanto Pliskova anulou seus 14 winners com os 20 erros não forçados cometidos durante a partida. A nº 18 do mundo, que não enfrentou nenhum break point durante a partida, quebrou o serviço tcheco uma vez cada um dos sets para confirmar sua vitória e avançar no Major americano.

Com a vitória sobre Pliskova, Maria Sakkari completou três vitórias consecutivas sobre jogadoras do Top 10, depois de derrotar: Petra Kvitova, da República Tcheca e 11ª colocada no Ranking WTA, e a canadense nº 7 do mundo, Bianca Andreescu. Ela também passou pela ucraniana Marta Kostyuk e pela tcheca Katerina Siniakova nas duas primeiras rodadas.

Maria Sakkari, que alcançou a segunda semifinal do Grand Slam (depois de Roland Garros em 2021), enfrentará em seguida a jovem britânica Emma Raducanu, de apenas 18 anos, que derrotou a suíça nº 12 do mundo, Belinda Bencic, por 6/3 e 6/4. Raducanu fez uma campanha espetacular até as semifinais: ela passou por três adversárias no torneio qualificatório e, já na chave principal, venceu cinco jogadoras, dentre elas as Top 50 Sara Sorribes Tormo e Shelby Rogers.