Swiatek vence duas vezes e alcança a final em Roma

Em rodada dupla, Iga Swiatek disputou as quartas e a semifinal neste sábado.

A jovem polonesa de apenas 19 anos, Iga Swiatek, conquistou duas vitórias neste sábado para alcançar a primeira final de um evento WTA 1000 da carreira. Ela venceu a ucraniana nº 5 do mundo, Elina Svitolina por 6/2 e 7/5 na partida pelas quartas de final e, em seguida, superou a americana Cori Gauff com as parciais de 7/6(3) e 6/3 nas semifinais do torneio Italian Open.

No domingo Iga Swiatek enfrentará Karolina Pliskova, da República Checa, pelo troféu do Italian Open 2021. Pliskova chegou à final ao eliminar a croata Petra Martic por 6/1, 3/6 e 6/2.


Quartas de Final: Iga Swiatek X Elina Svitolina

O primeiro jogo do dia estava agendado para a sexta-feira, no entanto a partida foi adiada para a manhã deste sábado por causa da chuva. Apesar do atraso e do peso de enfrentar uma adversária to Top 5, Iga Swiatek manteve a calma e o foco para superar Elina Svitolina por 2 sets a 0.

Swiatek salvou dois dos quatro break points que enfrentou e quebrou o serviço ucraniano em cinco das dez oportunidades criadas durante a partida para superar a nº 5 do mundo, em 01h36min de jogo.

Confira a seguir o compacto da partida entre Svitolina e Swiatek.


Semifinal: Iga Swiatek X Cori Gauff

Mais tarde, Iga Swiatek retornou à quadra para enfrentar a americana Cori Gauff por uma vaga na final do WTA 1000 de Roma. E uma vez mais a polonesa nº 15 do mundo venceu dois sets em 01h46min para sobrepujar a americana de 17 anos e alcançar a final do campeonato.

Gauff marcou 07 aces durante a partida contra um de Swiatek, mas as cinco duplas faltas cometidas praticamente anularam os saques vencedores. A mesma coisa ocorreu em relação aos 33 winners conquistados que foram quase todos cancelados pelos 32 erros não forçados cometidos.  Ela também quebrou o saque polonês em duas oportunidades e salvou apenas um dos quatro break points que enfrentou.

Swiatek, por sua vez, trabalhou com mais da metade de seus primeiros serviços (53%) e converteu 67 por cento deles em pontos. Somados os pontos obtidos após o primeiro e o segundo saques, a polonesa converteu 66 por cento dos serviços contra apenas 49 por cento de Gauff. Ela também registrou 24 winners e 16 erros não forçados.

Assista a seguir aos melhores momentos do jogo entre e Gauff.