Zverev finaliza campanha brilhante com o título em Madrid

Alexander Zverev conquistou seu segundo título do torneio Madrid Open neste domingo, quando derrotou o italiano Matteo Berrettini com as parciais de 6/7(8), 6/4 e 6/3 para erguer seu quarto troféu ATP Masters 1000.

Num empolgante primeiro set, Berrettini saiu na liderança ao conquistar a primeira quebrada partida no sétimo game, mas Zverev respondeu imediatamente para se manter colado ao italiano no placar. Com o jogo empatado em 6/6, a decisão seguiu para o tiebreak onde os dois rivais disputaram dezoito pontos. Berrettini abriu 5-0 ao conquistar três saques de Zverev, mas o alemão conseguiu se recuperar para chegar ao empate por 8-8. Apesar disso, ao tomar o serviço alemão novamente, Berrettini conseguiu o que parecia impossível: vencer um set de Zverev.

Como um prolongamento do set anterior, a segunda parcial seguiu em perfeito equilíbrio entre os dois oponentes. Apesar disso, no nono game Berrettini pareceu hesitar ao sacar e o alemão aproveitou para conquistar a única quebra e servir para o empate em seguida.

No desempate Zverev salvou um break point pouco tempo antes de tomar o saque de Berrettini para abrir 3/2 no placar. No nono game uma nova quebra do serviço italiano sacramentou a vitória de Alexander Zverev.

Competindo apenas pela terceira vez após se recuperar de uma lesão abdominal que sofreu no Australian Open, Matteo Berrettini pretendia se juntar ao compatriota Fabio Fognini, como o segundo italiano a conquistar um título ATP Masters 1000. Para chegar até a primeira final neste nível, o jovem de 25 anos derrotou Fognini, Federico Delbonis, Cristian Garin e Casper Ruud.

Alexander Zverev, por sua vez, superou outras duas grandes estrelas do tênis mundial até  levantar o troféu, com vitórias contra o pentacampeão Rafael Nadal e o bicampeão Dominic Thiem.