Bruno Soares e Jamie Murray caem na semifinal

A excelente campanha que o mineiro Bruno Soares e o escocês Jamie Murray protagonizaram  no Australian Open deste ano chegou ao fim nesta sexta-feira, quando a dupla foi superada pelo time formado por Rajeev Ram e Joe Salisbury que registrou as parciais de 6/4 e 7/6(2).

Com o resultado de hoje, americano Rajeev Ram e o inglês Joe Salisbury disputam a segunda final consecutiva do Grand Slam australiano, uma vez que na última temporada eles ficaram com o título ao derrotar a dupla da casa, Max Purcell e Luke Saville.

A dupla do brasileiro Bruno Soares saiu na frente ao quebrar o serviço de Ram e Salisbury duas vezes seguidas para marcar 3/0. Mas o time de Rajeev Ram não se intimidou e devolveu as duas quebras no quarto e sexto games para empatar o set em 3/3. Nos dois games seguintes ambas as equipes não conseguiram confirmar seus jogos de serviço, mantendo o placar empatado. No décimo game, Soares e Murray salvaram um break point em 0-40, mas não conseguiram evitar que Ram e Salisbury confirmassem seus segundo set point, cedendo a vitória na primeira parcial.

Bruno Soares (esquerda) e Jamie Murray (divulgação ATP Tour)

No segundo set, nenhum dos times conseguiu confirmar seu saque até o décimo segundo game. O empate em 6/6 deu esperanças a Soares e Murray de vencer o tiebreak e virar o jogo no set de desempate, no entanto, foram Rajjev Ram e Joe Salisbury que abriram vantagem ao conquistarem o primeiro mini break no segundo serviço de Soares e Murray. A dupla americano-bretã ainda perdeu um saque, mas logo após engrenou para vencer três pontos consecutivos e garantir a vaga na final.

Na final, Rajeev Ram e Joe Salisbury enfrentam o crota Ivan Dodig e Filip Polasek, da Eslováquia, que venceram de virada os croatas cabeças de chave nº2, Nikola Mektic e Mate Pavic, por 4/6,6/4 e 6/3.

Filip Polasek (esquerda) e Ivan Dodig (divulgação ATP Tour)

Rajeev Ram também está na final de duplas mistas, jogando ao lado da Barbora Krejcikova, da República Checa. Eles enfrentam os australianos Samantha Stosur e Matthew Ebden.